Notícias

voltar às notícias

A gestão de risco na internacionalização

A gestão de risco na internacionalização
10.05.2018
Qual a importância de definir uma política de gestão de risco ajustada à atividade internacional, que permita às empresas identificar e mitigar os principais riscos envolvidos?

Todas as empresas necessitam de definir uma política de gestão de risco que proteja os seus ativos e a sustentabilidade da atividade, qualquer que seja a sua dimensão ou âmbito geográfico. 

O estudo dos vários riscos a que empresa se encontra exposta deverá fazer parte da sua estratégia, antecedendo, por exemplo, a decisão de iniciar um possível processo de investimento, exportação ou internacionalização.

No caso das empresas exportadoras e internacionalizadas, a complexidade da análise é acrescida e deverá ser acautelada uma política transversal a todos os mercados - coerente, centralizada e controlada.

No entanto, cada mercado acarreta novos desafios decorrentes de um ambiente económico, social, legal e regulatório e político específico.

As empresas exportadoras enfrentam riscos de fluxo de pagamentos, crédito, cambial, responsabilidade civil com produtos, riscos associados às viagens efetuadas pelos colaboradores, continuidade de negócio, entrega de produtos, cyber risks ou defesa da marca, entre outros. 

No caso das empresas internacionalizadas, o nível de investimento em ativos pessoais e patrimoniais é maior, acrescendo ao nível de risco que enfrentam a diversidade de fatores e o aumento da exposição face aos mesmos.

Os mercados externos podem apresentar muitas oportunidades de negócio, no entanto, a salvaguarda dos bens das empresas exportadoras e internacionalizadas, assim como da sua reputação, terá de ser assegurada sob pena que ameaçar a continuidade da sua atividade. 

A consultoria de riscos e a contratação de seguros é fundamental para assegurar o desenvolvimento sustentável do negócio. Consultores como a MDS, com acesso a informação detalhada e atualizada de cada mercado e um vasto know-how, podem ajudar as empresas a minimizar riscos, otimizar estratégias e potenciar rendimentos, através de uma correta definição da política de gestão de risco.


Leia na íntegra a entrevista de Mário Vinhas, Deputy Executive Director da MDS Portugal, dada à Câmara do Comércio no âmbito do estudo InSight, realizado pela CCIP e que contou com a colaboração da MDS. O Estudo InSight é uma plataforma de conhecimento que tem como objetivo compreender a realidade das PME internacionalizadas, as suas atividades de internacionalização e as perspetivas de desenvolvimento futuro. 

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Descubra o mundo MDS