Fullcover

Quando a HighDome encontrou a REI

Jacqueline Legrand da MDS Holdings e Paula Rios da HighDome dão-nos um exemplo das oportunidades para as PCC em nichos de mercado.

Quando a HighDome encontrou a REI
Há algum tempo atrás os fundadores da Real Estate Insurance (REI) procuraram, após 20 anos de experiência como corretores especializados, criar o seu próprio veículo de seguro para riscos imobiliários. Reuniram-se com a HighDome, uma PCC (protected cell company) com sede em Malta.

As empresas partilhavam a mesma visão de mercado e combinaram as suas competências no desenvolvimento de um produto inovador, que permitisse potenciar os negócios de um conjunto significativo de investidores imobiliários.

A REI iniciou a atividade no setor segurador como corretor centrado em nichos de mercado que colocava riscos especiais em vários seguradores. Com o tempo, a capacidade e apetência dos seguradores para a criação de soluções altamente personalizadas para nichos foi diminuindo, à medida que se tornou economicamente mais viável focarem os seus esforços e investimentos em produtos standard.

Para os nossos colegas na REI, era tempo de inovar ainda mais e deixar de ser um corretor de seguros para passar a ser um tomador de risco, através da criação da sua própria companhia de seguros.

Do encontro entre a REI e a HighDome, uma PCC pertencente ao grupo MDS, resultou um ponto de viragem para ambas as empresas. Houve um entendimento imediato entre as equipas, pois partilhávamos os mesmos valores no que respeitava a espírito empreendedor e de inovação. Estávamos determinados a criar uma solução pioneira para a REI usando a estrutura da HighDome PCC.

A REI tinha como objetivo desenvolver uma solução de seguro que garantisse a receita das operações imobiliárias dos seus clientes, que poderiam ir desde investimentos comerciais, como, por exemplo, apartamentos mobilados para arrendar com serviços hoteleiros, residências para estudantes, lares de terceira idade e escritórios, até arrendamento residencial.

O produto de seguro da REI é um excecional impulsionador do negócio do setor imobiliário, para investidores institucionais e privados. Este produto confere aos compradores um alto nível de segurança e um poder único na negociação de empréstimos bancários.

A indústria imobiliária é exigente e competitiva, e os produtos de seguro da REI têm o potencial para se tornarem num símbolo de qualidade, e num argumento de venda único para promotores imobiliários, que podem oferecer produtos de receita garantida. O mercado é amplo e permite aos investidores imobiliários gerir os seus riscos e maximizar o poder nas negociações de empréstimos.

Além disso, os produtos da REI permitem dinamizar os investimentos imobiliários de empresas e particulares. O mercado imobiliário é atrativo e dinâmico, fornecendo aos investidores uma boa alternativa à bolsa de valores, para a criação de riqueza a longo prazo. Na maioria dos países, o mercado imobiliário para investidores já existe ou está a ser desenvolvido, para suprir uma necessidade crescente de habitações ou estabelecimentos comerciais.

Isto constitui um ponto de interesse adicional para arrendatários e investidores que pretendem criar riqueza ou obter receitas de renda seguras. A célula REI combina elementos únicos que tornam a empresa forte e apelativa para os investidores imobiliários: 
• A REI pode atuar como segurador ou ressegurador centrada, a longo prazo, num mercado específico, o que traz mais flexibilidade ao processo de tomada de decisão da empresa.

• A equipa da REI é constituída por indivíduos com mais de 20 anos de experiência e com um histórico de competências comprovado, que desenham soluções eficientes para apoiar os negócios dos seus clientes.

• A célula REI tem um sistema informático seguro, eficaz e transparente, disponibilizando aos seus stakeholders as tão necessárias ferramentas de controlo e comunicação.

• A parceria entre o grupo MDS e a Brokerslink permite à REI uma presença em mais de 80 países, tornando-a verdadeiramente global. 

A estratégia baseia-se na seleção de parceiros e operadores que beneficiem das garantias da célula, bem como da sua marca e reputação. O fator determinante para desenvolver uma solução reside na escolha do parceiro, mais do que do país ou região.

A HighDome, detida a 100% pelo grupo MDS, com fortes ligações à Brokerslink – uma das maiores redes mundiais de corretores independentes –, é uma excelente mais-valia para qualquer uma destas soluções.

A seleção e criação de uma marca deverá trazer grandes benefícios, e ser um fator diferenciador para o beneficiário do seguro. O objetivo é conquistar uma pequena quota de mercado (entre 10 e 15%) o que permitirá à célula ser seletiva, e assegurar que não estará exposta a um único risco.

Os grandes investidores precisam, geralmente, de absorver as consequências das mudanças cíclicas e estruturais do mercado que dominam. Um produto de (res)seguro não é desenvolvido com especificações predefinidas que uma empresa tenha de aceitar e seguir, e a REI alavanca as suas competências e recursos para que a solução seja adaptada a um determinado mercado, região ou país. Para assegurar uma gestão de risco sólida, o acordo de partilha de receitas de cada participante é definido por contrato, permitindo a solidariedade entre os membros. 

Conclusão

A criação da célula da REI representa um desenvolvimento importante na recente história das PCC, e tem permitido aos seus principais acionistas a descoberta dos fatores críticos de sucesso. A HighDome vai continuar a fornecer soluções inovadoras no futuro. E você? Fará a sua parte?

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Descubra o mundo MDS