Fullcover

Filhet-Allard

Uma história de evolução contínua

Filhet-Allard
Filhet-Allard é um dos principais corretores franceses especializado em seguros corporativos e Employee Benefits. Ocupa atualmente o sétimo lugar do ranking francês de corretores, gerindo mais de mil milhões de euros em prémios para os seus clientes.

A empresa espera alcançar o sexto posto este ano naquela que é a quinta maior economia do mundo, imediatamente à frente do Reino Unido, de acordo com as estatísticas para 2014 do Fundo Monetário Internacional. Este objetivo está ao alcance da Filhet-Allard por estar entre os corretores que mais crescem no mercado francês. Esta empresa, sediada em Bordéus, registou um crescimento orgânico das suas receitas superior a 5% em 2013 e a 8% em 2014.

Este crescimento foi conseguido no contexto de uma economia francesa que ainda procura recuperar dos efeitos da crise de crédito e do subsequente abrandamento da atividade económica.

Este cenário é agravado por um mercado segurador que continua extremamente competitivo, com base em níveis recorde de capacidade, em grande parte assegurada pelos mercados financeiros (fundos de investimento, fundos de pensões e similares), que procuram lucros difíceis de alcançar no mercado global de resseguro.

Num mercado tão difícil, corretores e companhias de seguros têm de se focar em competências nucleares que lhes permitam fornecer um serviço de qualidade superior aos clientes, manter os melhores clientes e conquistar novos a empresas rivais.

Corretoras como a Filhet-Allard têm de alavancar o seu poder negocial junto das companhias de seguros no sentido de obterem os melhores termos e condições para os seus clientes. Têm igualmente que continuar a investir nas competências, nomeadamente legais, em conhecimento de mercado e no desenvolvimento de ferramentas informáticas sofisticadas. É também crucial construir uma presença internacional de forma a fornecer soluções transfronteiriças aos clientes em expansão.

A Filhet-Allard tem a perfeita consciência destas necessidades e foi sempre capaz de responder adequadamente aos desafios que se lhe apresentaram, construindo uma base sólida para um crescimento continuado, apesar das difíceis condições de mercado.

Um dos pilares fundamentais da sua estratégia passa pelo forte envolvimento da Filhet-Allard na Brokerslink, uma organização global de corretagem, sendo o parceiro em França e na Costa do Marfim.

O corretor francês aderiu à Brokerslink em 2011, na sequência da aquisição da D&P, empresa sediada em Lyon e anterior membro francês da rede.
Esta operação conferiu à Filhet-Allard uma importante presença na segunda mais importante região económica da França e competências adicionais em setores chave, como o do imobiliário.

Mas, mais importante ainda, significou que a corre- tora se tornou membro da Brokerslink, o que lhe permite fornecer sofisticados serviços de gestão de risco e de seguros onde quer que estes sejam necessários (ver painel de expansão internacional).


Mas, em primeiro lugar, como é que a Filhet-Allard conseguiu atingir esta posição de força?

A empresa foi criada em 1895 em Bordéus e, naquela altura, centrava-se exclusivamente em seguros marítimos e de carga. Uma parte significativa da economia de Bordéus estava ligada ao porto, que era a principal plataforma de transporte de carga de e para a África ocidental francesa.

Ao longo do século XX, as atividades portuárias de Bordéus entraram em declínio, o que, juntamente com a desregulamentação do negócio de seguros marítimos e de carga, quer em França quer no resto do mundo, levou Jacques e Patrick Allard a expandir e a diversificar a atividade de forma a fazer face aos desafios e a tirar proveito das oportunidades apresentadas pela nova ordem económica.

O primeiro grande passo neste processo foi a decisão de comprar a empresa Filhet, um corretor especializado no segmento corporativo. Na sequência desta operação, a empresa passou a designar-se por Filhet-Allard. Quando o atual presidente do conselho de administração, Franck Allard, chegou à empresa nos anos 70, esta tinha apenas 15 empregados.

Hoje, juntamente com o irmão, o primo e o filho Grégory (Presidente da Filhet-Allard), Franck Allard dirige um grupo com 950 colaboradores, que opera nas principais cidades de França, bem como em outros países, como Espanha, Suíça, Costa do Marfim, e, mais recentemente, na América Latina, em Buenos Aires, Argentina.

Através da sua filial AMV, a Filhet-Allard é um dos principais corretores de seguros para programas de afinidade, tanto no segmento B2C, como no B2B. Este é também um importante segmento de atividade na operação espanhola.

Sob a liderança de Franck Allard, a estratégia da Filhet-Allard tem sido a de responder a todas as necessidades de seguros das empresas.

Os clientes da empresa têm a possibilidade de, através de um ponto de acesso único, ter equipas especializadas que prestam apoio de acordo com as suas necessidades específicas, concebendo soluções customizadas nas mais variadas áreas, como seguros patrimoniais e de responsabilidade civil, Employee Benefits, seguros marítimos e de carga, crédito e factoring e programas de afinidade e gestão de risco. Torna-se assim o gestor de risco dos clientes ou o seu departamento subcontratado.

Grégory Allard explicou a estratégia: "Não existem linhas de orientação estritas sobre a dimensão das empresas com as quais trabalhamos no que respeita ao volume de prémios, mas em geral tratam-se de companhias que não têm um gestor de risco ou um departamento de seguros dedicados. Somos efetivamente o departamento subcontratado de gestão de risco e de seguros dos nossos clientes. 

"Estas empresas tendem a ter receitas entre os 100 milhões e os mil milhões de euros e entre 500 a 10.000 trabalhadores. Trabalhamos também com empresas de maior dimensão, como as do setor da energia e de serviço público, uma vez que possuímos competências especializadas em áreas como a das energias renováveis. Mas, de forma geral, a nossa estratégia é trabalhar com empresas de dimensão média-alta e ser um "ponto único de acesso” para responder às suas necessidades, disponibilizando soluções nas áreas de seguros patrimoniais e de acidentes, employee benefits, crédito e garantia e seguros marítimos.”

"Estes serviços são agora respaldados por serviços dedicados de gestão de risco, como a engenharia de risco”, explicou Grégory Allard. "Temos uma filial chamada PRAEVENTIA que presta serviços de engenharia de risco. Contamos com cinco engenheiros de risco a tempo inteiro, o que é um número significativo quando comparado com a concorrência. Temos certamente uma das maiores equipas de engenheiros de risco especializados no mercado de corretagem francês e somos capazes de dar resposta às preocupações dos nossos clientes nesta área”, afirma.

Como mencionado anteriormente, a economia moderna é altamente competitiva e cada vez mais complexa e global. Tal significa que os corretores de seguros não podem continuar a sobreviver apenas com base nos contactos pessoais com os clientes e na geração de comissões através da simples colocação de seguros.

Os corretores de seguros que aspiram a ser bem-sucedidos e a crescer têm de possuir um elevado nível de competências que os ajudem a ir ao encontro das complexas necessidades dos seus clientes no que se refere à gestão e transferência de risco.

A Filhet-Allard tem perfeita consciência desta necessidade e afirma a sua pretensão de fornecer aos clientes um "serviço da melhor qualidade” e um "aconselhamento de alto valor acrescentado”, sustentado no "elevado profissionalismo” dos seus colaboradores.

"Todos os gestores de clientes têm formação superior, amplas competências no setor segurador e um conhecimento profundo dos programas de seguros, o que lhes permite compreender profundamente as empresas e o respetivo contexto, e construir soluções de seguros feitas à medida das suas necessidades”, explicou Grégory Allard.

Outro ponto forte da Filhet-Allard é a independência, uma característica que assegura a integridade e a capacidade de proporcionar ao cliente a melhor solução possível.

A Filhet-Allard orgulha-se de continuar a ser uma empresa 100% familiar, o que lhe permite um controlo completo sobre a sua estratégia. "A independência garante a imparcialidade das escolhas que [a Filhet-Allard] faz para os clientes e assegura toda a flexibilidade necessária para fornecer soluções à medida que vão ao encontro das necessidades dos clientes”, afirma a empresa.

A escala é outro ponto forte no moderno mercado segurador, uma vez que os corretores negoceiam com companhias de seguros globais que gerem milhares de milhões de euros de prémios por ano. A forte posição da Filhet-Allard no mercado francês significa que os clientes beneficiam do seu poder negocial junto das principais companhias de seguros.

A tecnologia é também cada vez mais importante no mercado atual de seguros empresariais, particularmente num contexto em que cada vez mais empresas se expandem internacionalmente em busca de crescimento. Os clientes esperam que os corretores e as companhias de seguros tenham ferramentas de reporte de base tecnológica, que potenciam transparência e que lhes permitam monitorizar o desempenho e o progresso dos seus programas de seguros.

Neste contexto, e durante os próximos cinco anos, a Filhet-Allard assumiu o compromisso de investir mais de 10% das receitas anuais com o objetivo de melhorar e adaptar o seu sistema de informação ao novo ambiente empresarial fortemente baseado na Web. Grégory Allard explicou que o corretor está atualmente a trabalhar no lançamento de um novo website que inclui uma funcionalidade crucial para a sua base de clientes cada vez mais internacional.

A "Insureaccess” é uma ferramenta de comunicação concebida para ir ao encontro das necessidades de informação dos clientes com programas internacionais. O sistema foi desenvolvido pela WEBCBG, empresa tecnológica sediada em Nova Iorque e membro da Brokerslink no âmbito dos Specialised Resources. "A ferramenta pode ser utilizada por clientes e corretores de todo o mundo, conferindo acesso em tempo real toda a informação relevante, desde a que se refere à colocação inicial, a toda aquela relacionada com renovações e similares”, explicou Grégory Allard.

A adoção de uma ferramenta capaz de monitorizar sinistros, denominada MAPTYCS e igualmente desenvolvida pela WEBCBG, é o próximo passo, como refe- riu Grégory Allard. Mas tal não será uma tarefa fácil, explicou. "Cada corretor tem um sistema diferente a funcionar. Até mesmo os corretores globais têm diferentes sistemas em funcionamento em diferentes países e regiões por terem frequentemente resultado de processos de fusão e aquisição. Mas nós já demos os primeiros passos e estamos a progredir”, continuou Grégory Allard.

O compromisso da Filhet-Allard no que respeita ao investimento em tecnologia avançada é outro exemplo da forma como o corretor francês evoluiu e se adaptou ao longo dos seus 120 anos de história, tendo sido capaz de continuar a crescer e a desenvolver-se num cenário de grandes mudanças económicas, políticas e sociais. Este investimento no futuro associado ao envolvi- mento na Brokerslink deverá permitir que a empresa continue o seu impressionante caminho de cresci- mento e de sucesso na economia mundial do século XXI em rápida mutação.

 
A ascensão do multiespecialista

O crescimento e o sucesso continuado da Filhet-Allard baseiam-se, em grande parte, na dedicação a áreas de seguros especializados. A Filhet-Allard cresceu de forma consistente ao longo dos últimos 10 anos e está confiante de que atingirá um crescimento orgânico de cerca de 8 a 9% em 2014, e uma performance semelhante para 2015.

Ao longo da sua história, o grupo procurou sempre o crescimento externo através de aquisições e parcerias sempre que as mesmas criassem sinergias positivas e se enquadrassem com a cultura da empresa.

Os especialistas concordam que, para sobreviverem e prosperarem na economia global moderna, os corretores de seguros têm de se especializar. Precisam investir em pessoas, competências e recursos que lhes permitam responder às necessidades cada vez mais especializadas e complexas dos clientes. Por isso, a Filhet-Allard tornou-se aquilo que descreve como uma empresa de corretagem de seguros multiespecializada, capaz de oferecer aos clientes o nível de conhecimento e perícia necessário para conceber e fornecer soluções de risco e de seguros à medida das exigências dos clientes.

"A Filhet-Allard é um corretor multiespecializado capaz de responder às necessidades de todos os setores em França. Foi também capaz de desenvolver um know-how único em setores com elevado valor acrescentado”, explicou o presidente do grupo Franck Allard, a quarta geração da família Allard a liderar o grupo.

Uma das áreas de especialidade chave da Filhet-Allard é a dos seguros marítimos. Sendo esta a atividade original do corretor, é atualmente levada a cabo por uma filial dedicada chamada Filhet-Allard Maritime (FAM), gerida e liderada por Henry Allard. O slogan da FAM — "No coração do comércio internacional” — transmite a visão da empresa de contribuir para o sucesso das operações de comércio e de transporte internacionais, com o apoio de 80 colaboradores de todo o mundo, sediados em locais como Bordéus, Genebra, Abidjan, Angola e Ásia.

A aviação é outra área de especialização da Filhet-Allard. Este setor é atualmente o maior empregador do sudoeste de França e especialmente de Toulouse, onde está localizada a principal fábrica de montagem de aviões da Airbus.

A empresa opera nos principais mercados mundiais de transportes marítimos e de commodities, sendo o maior corretor de seguros do mundo para os mercados de cacau e de café. A sua atividade iniciou-se originalmente em 1895 sob a designação de Sworn Marine Insurance Broker e, desde então, centrou-se continuamente nos segmentos de transporte marítimo e cascos, em particular em África, que foi desde sempre um mercado chave para a FAM.

A FAM é há várias décadas o corretor de seguros marítimos do grupo UNILEVER em toda a África ocidental. O negócio das commodities é operado por outra corretora filial especializada com sede em Genebra, na Suíça — a Assurances Filhet-Allard Maritime Geneva. Genebra é um dos centros do mercado global de comércio de commodities e, apesar do crescimento de novos mercados como o Dubai, continua a ser o segundo maior do mundo. 

Henry Allard explicou a importância desta atividade e o papel positivo que desempenha no crescimento do grupo. "Temos uma licença na Costa do Marfim, que domina o mercado mundial de produção de cacau. A nossa atividade de corretagem neste país iniciou-se com os seguros marítimos. Bordéus era historicamente o principal porto para o comércio com a África Ocidental e a Filhet-Allard é o maior corretor de seguros do mercado de cacau”, explicou.

"Gerimos cerca de 60% do volume total mundial de prémios relativos ao cacau e somos o corretor da Bolsa da Cacau de Genebra. O nosso enfoque nas competências, em soluções à medida e em mercados especializados como o das mercadorias e da energia renovável permitiu-nos registar um grande crescimento”, acrescentou Henry Allard.

A Filhet-Allard está também a reforçar a sua posição no mercado de seguros de imobiliário, que surgiu com a aquisição da D&P, sediada em Lyon, em 2011. "Esta estratégia deu frutos. O nosso departamento de imobiliário irá atingir sete milhões de euros de comissões em 2015 e temos atualmente mais de 19 milhões de metros quadrados de imobiliário segurado em França”, explicou Grégory Allard.

De acordo com Franck Allard, a Filhet-Allard tem grandes expectativas para os seguros de saúde de colaboradores, tendo como objetivo cobrir um milhão de colaboradores em vez dos atuais 330 000.

Outra área de especialidade e crescimento importante é a das energias renováveis, setor em que a Filhet-Allard tem estado envolvida desde 2004, sendo atual- mente um dos principais corretores em França a operar neste mercado em rápido crescimento. A Filhet-Allard conta com uma equipa dedicada de 12 pessoas que concebe programas de seguros para riscos ligados às das energias eólica, solar e de biomassa e biogás. Calcula-se que o corretor tenha uma quota de mercado superior a 25%. Foi também o primeiro corretor a implementar o seguro de garantia de desempenho de painéis solares, em colaboração com a Munich Re.

A Filhet-Allard presta aconselhamento a um grande número de empresas de aeronáutica subcontratadas e de engenharia, que fornecem produtos e serviços à Airbus. No início de 2014, o conhecimento especializado do Grupo permitiu-lhe conquistar o programa de seguros de responsabilidade civil da União de Aeroportos Franceses que é composta por 136 aeroportos em França e além-fronteiras. A mensagem é clara – a especialização vale a pena.

 
Expansão Internacional

A maioria dos clientes empresariais da Filhet-Allard são empresas nacionais de média dimensão que estão atualmente a procurar crescer expandindo as suas atividades para outros territórios em rápida expansão, dado que as economias euro- peias continuam em dificuldades.

O corretor identificou rapidamente a necessidade de acompanhar os seus clientes no estrangeiro, dando resposta às suas necessidades em termos de risco e seguros onde quer que fossem sentidas. Esta resposta tem que ser dada de forma consistente e com o mesmo nível de qualidade de serviço que recebem em casa. Estes serviços são possíveis graças ao forte apoio prestado pelas filiais da Filhet-Allard na Suíça, Espanha e Costa do Marfim, presença esta que a empresa construiu ao longo do tempo.

O escritório de Abidjan, na Costa do Marfim, foi estabelecido há apenas alguns meses depois de o corretor ter recebido a licença da autoridade de supervisão para os seguros locais. A Filhet-Allard está há muito tempo ativa no mercado da África subsariana através das suas operações de seguros marítimos e de carga. A criação da operação na Costa do Marfim irá consolidar substancialmente a posição da empresa e ajudá-la a desenvolver as suas atividades na região também nas linhas de seguros patrimoniais e de responsabilidade civil bem como de Employee Benefits.

Mas Franck Allard e o filho Grégory, que trabalhou como banqueiro de investimento em Nova Iorque antes de regressar a França para liderar o ramo de seguros empresariais da corretora, perceberam que tudo isto não era suficiente na economia global moderna. Por isso, a empresa criou a sua própria rede, mas apercebeu-se de que era preciso mais. A Filhet-Allard precisava de se associar a uma rede mais alargada de corretores igualmente independentes que pudessem oferecer a mesma amplitude e profundidade de serviço que a empresa oferecia aos seus clientes em França.

Por mero acaso, Grégory Allard conheceu José Manuel Fonseca, líder do grupo MDS e da Brokerslink, numa conferência em Nova Iorque, em meados da primeira década deste século. A empatia entre ambos, tanto a nível pessoal como profissional, foi imediata, tendo então começado um longo «noivado».

José Manuel Fonseca percebeu que a rede que liderava e que se encontrava em franco crescimento precisava de uma presença forte em França e a Filhet-Allard, uma empresa familiar centrada em valores tradicionais como o serviço ao cliente, encaixava perfeitamente no perfil desejado. No entanto, qualquer evolução que passasse pela adesão da Filhet-Allard à Brokerslink parecia comprometida já que a rede tinha como princípio ter apenas um membro por país, contando já com um representante em França: a D&P, de Lyon.

Mas finalmente, em 2011, a porta abriu-se para que a Filhet-Allard aderisse à Brokerslink, uma vez que a empresa decidiu adquirir a D&P. Tratou-se de um grande passo em frente para a corretora francesa em rápido crescimento, bem como para a Brokerslink, que conseguia assim alcançar uma presença de relevo numa das maiores economias do mundo e que se tornava ainda mais positiva devido às ligações históricas internacionais do corretor, sobretudo com a África Ocidental.

Grégory Allard explicou a importância desta decisão, afirmando: «Esta participação permite-nos fornecer aos nossos clientes as melhores soluções e jogar na «Liga dos Campeões» juntamente com os nossos principais concorrentes. A adesão à Brokerslink dá-nos a capacidade de conceber uma gama completa de soluções de seguros globais que coordenamos e gerimos através dos nossos parceiros locais. Dá-nos também acesso a recursos especializados em resseguro, gestão de cativas, gestão de risco e em modelização.»

A gestão da Filhet-Allard está profundamente consciente da necessidade que os corretores independentes têm de «entrar no século XXI» e oferecer a mesma gama e o mesmo nível de serviços proporcionados pelos grandes corretores globais, inclusiva- mente a nível tecnológico.

A incorporação na Brokerslink foi apontada por Gregory Allard como um importante passo em frente. Esta operação vai permitir que os seus membros se tornem acionistas da organização, para além de fornecer o financiamento central e os recursos necessários para prestar esses serviços. «Este inovador modelo de negócio abrirá novas perspetivas e oportunidades. A Brokerslink irá ser capaz de implementar recursos adicionais em linha com as ambições dos acionistas», explicou Allard, que espera ansiosamente pelo próximo capítulo na história da Filhet-Allard e da Brokerslink.
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
Descubra o mundo MDS